SITES QUE PUBLICAM NOSSOS ARTIGOS

www.ceitec.com.br - www.centraldetreinamento.com.br
www.acontecendoaqui.com.br - www.nota10.com.br - www.sinepe-rs.org.br
www.lafiance-eventos.com.br www.psicopedagogiaonline.com.br
www.riograndevirtual.com.br - www.crago.org.br - www.opet.com.br
www.vetorial.net - www.psicopedagogia.net - www.enfoquedh.com.br - www.profala.com


Homenagem a todos os Grandes Educadores e empreendedores como você.

ENVIE SUA FOTO PARA GALERIA DOS MESTRES

 

Anchieta o primeiro educador e empreendedor do Brasil

 

Henrique J.de Souza

 

Celso Antunes

 

Emilia Ferreiro

 

 

Jean Piaget

 

José Luiz de Faria Neto

 

Nelson Salles

 

 

Hamilton Werneck

 

 

Vygotsky

 

Gleen Doman

 

Thais

 

 

Falta sua foto

 

 

e muitos outros

OS CAÇADORES DA ATA PERDIDA: O tesouro do capital humano - por Dirceu Moreira


No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade. (Albert Einstein)
"Aqueles que andam em busca de atas perdidas, encontrarão muitos tesouros de valores inestimáveis".
Certo dia o presidente de uma empresa solicitou à sua secretária a ata número 1001, dos últimos 7 anos de reuniões. Ela procurou durante horas a fio, mas não a encontrou. No entanto, o presidente insistia: "Precisamos da ata, pois ela contém informações importantes que nos ajudarão a encontrar as chaves que nos reabrirão as portas do sucesso que sempre permeou a nossa organização. É importantíssimo que a localizem o mais rápido possível. Não temos mais tempo a perder".

Uma semana se passou após o ultimato do presidente. Nestas alturas do campeonato ou da busca, todo o departamento de Recursos Humanos já tinha sido envolvido, mesmo assim a ata não foi localizada. Resolveram, então que todos os departamentos deveriam se engajar na busca da tal ata de nº 1001. Para isso formaram uma comissão dirigente, elegeram seus representantes e montaram um cronograma, pois um prazo fatal (meta) foi estabelecido pelo presidente e não poderia haver interrupção das atividades diárias de cada um.

O tempo vai passando e Cronos, na sua voracidade, ia devorando cada minuto, horas e dias, chegando um determinado momento que os departamentos esgotaram suas possibilidades de procura. Eles conseguiram encontrar todas as atas e revisaram cada uma, mas a de número 1001 não estava nos locais supostos e nem em outros. O grupo começou a se desmotivar quando alguém teve a idéia de unir forças. Assim, promoveram um intercâmbio entre departamentos, que provocou o maior rebuliço na empresa, principalmente pelos avisos, e-mails, telefonemas com o seguinte apelo: "precisamos de sua competência para uma causa comum e o bem de todos". As equipes de competências e potenciais mistos reiniciaram o processo desde o primeiro passo e vasculhavam tudo novamente.

No entanto, como nem tudo que reluz é ouro, do outro lado os comentários na empresa se generalizavam: "É sempre assim!", "Só se pede o impossível!", "Se a ata não for encontrada, cabeças rolarão!", "Não sei por que tanta perda de tempo por uma simples ata!", "Se o presidente pediu é porque é importante!". "Bom, pelo menos as pessoas estão se falando, se encontrando..." - comentou um funcionário, mas aquele comentário passou desapercebido.

Novamente após Cronos, o senhor do tempo que tudo controla, soar o alarme estipulado pelo presidente (todos os arquivos da empresa haviam sido revisados, mas nada da ata 1001) resolveram que realizariam um grande encontro, cujo tema central seria "Onde alguém poderia guardar uma ata perdida? Será que alguém não a perdeu de propósito? Perdeu ou esqueceu onde guardou?" Foram, no mínimo, intrigantes os questionamentos, mas o que importou verdadeiramente para eles foi o resultado de uma ação em conjunto, onde se somaram esforços, dividiram conhecimento e multiplicaram competência em direção a um objetivo que era único para todos.

Coincidência ou não, ao final do grande encontro onde haviam listado inúmeras possibilidades, chegaram à raia de 1001 alternativas e o último nome da lista era justamente a palavra "Arca". Era exatamente o único lugar onde a ata não foi procurada. Agora estavam novamente diante de outro desafio! "Mas, afinal de contas, onde alguém colocaria uma arca nesta empresa?", perguntava aquele funcionário que não foi ouvido lá no inicio dos trabalhos, mas que neste momento encontrava condições para tal participação. Outro participante do grupo, que já havia trabalhado no restaurante lembrou-se das visitas à sala do presidente para servi-lo e disse: "eu acho que sei!" E todo grupo em uníssono perguntou: "onde"? "Acho que na sala do presidente existe um quadro de uma arca".

A equipe de coordenação dos trabalhos solicitou permissão para ir até a sala do presidente, já que este se encontrava em viagem. Ao adentrarem a sala descobriram, para a alegria de todos, que atrás do quadro havia um envelope com uma mensagem: "Não abra sem a presença do presidente". Aquela situação provocou uma angústia no grupo, que por questões éticas e de hierarquia tinham que aguardar o retorno do presidente. Durante este período, o envelope foi colocado numa pequena arca que mandaram confeccionar. Cada dia ela ficava sob responsabilidade de um membro da equipe, devidamente lacrada.

Logo que retornou, o presidente mandou chamar a equipe, pois já havia recebido noticias a respeito do êxito do pessoal na localização da ata 1001. Solicitou que convidassem todas as pessoas envolvidas no processo direta e indiretamente, a reunirem-se no salão de eventos da empresa. Depois de constatar a presença de mais de 2000 funcionários, o presidente leu a seguinte mensagem contida dentro da arca:
"Aqui está o verdadeiro tesouro que procuram, afinal não se acha ouro sem se mover cascalhos". Olhem para trás e avaliem quantas preciosidades vocês descobriram nestes três meses de procura:

1) as pessoas se reencontraram;
2) trabalharam em parceria;
3) mobilizaram-se em direção a um objetivo comum;
4) arquivos foram revistos e reorganizados;
5) a história e a cultura da empresa foram compartilhadas.

A ata não estava perdida, mas sim as pessoas! Às vezes precisamos nos encontrar novamente para que possamos reconhecer nossas competências, pois só assim poderemos reconhecê-las nos outros. Essa conquista se refletirá dentro de nossas famílias, de nossa sociedade e dentro de nossa empresa".

No dia seguinte, em todos os quadros de aviso da empresa encontrava-se a manchete: "Finalmente o mistério da ata foi resolvido! E o nosso também!". Então, o presidente voltou a reunir-se com todos os seus colaboradores e confidenciou-lhes: "Esta foi a forma mais simples e objetiva que encontrei para avaliar nosso Programa de Aprimoramento da Qualidade do Ser - PAQS. Sinto-me feliz e recompensado, porque acreditei na minha equipe e sempre acreditarei. Mesmo se um dia me provarem o contrário, ainda assim continuarei a acreditar no potencial deste nobre capital humano. Muito obrigado por confiarem em vocês, em mim e em nossa organização."

Retornando ao trabalho, cada funcionário encontrou uma réplica da arca com seu nome gravado. Dentro, encontrou a seguinte mensagem: "Mesmo que você não acredite, você é 'um santo de casa que faz milagres' e, somado a todos os demais, resulta no sucesso de nossa empresa. Você é muito importante. Se alguém não está fazendo a parte dele, seja você um exemplo, faça a sua parte. Nossa empresa quer que você seja um mestre. Para isso, o convidamos a refletir e viabilizar na prática o que ensina o filósofo Henrique José de Souza: 'O mestre aponta o caminho; o discípulo segue sozinho, até encontrar novamente o mestre, mas desta vez dentro de si mesmo". E concluiu: 'Esse é o papel do pai, do professor, do chefe, pois em cada coração existe uma arca com um tesouro de amor e sabedoria capaz de transformar nossa empresa, nosso lar, etc., em um lugar saudável para se viver. Quando todos nos unirmos na busca de um ideal comum os obstáculos se dissiparão e a ata perdida será um objetivo mais fácil de ser alcançado. O importante é estarmos APPAR, isto é colocar em prática a Administração Por Participação e Resultados, e nos tornarmos co-responsáveis pelo sucesso ou pelo fracasso".

Por causa da empolgação, ninguém havia atentado para o fundo falso da arca, mas como todo ser humano é curioso, houve um dia que descobriram que o tesouro dos desafios humanos havia sido presenteado a toda equipe. No referido fundo falso havia um medalhão dourado com um triangulo azul no centro onde se podia ver uma letra em vermelho, no vértice de cada ângulo. Um era o "S", o outro, o "E", e depois o "R", formando a palavra "SER", sendo que cada letra estava relacionada a uma palavra: Sabedoria, Emoção e Realização.

A jornada de um empreendedor recomeça logo após a pausa de uma conquista, porque ele vive mudando a própria mudança, porque tudo é transitório e apenas o SER é perene e imutável, porque ele é o gerador da mudança.

 

Home Início - ALFACE-Proj. Inclusão - Artigos - Curriculum - Foto log dos Congressos - info-Espaço Escola - Links - Livros - Palestras/Cursos Resp. Social e inclusão - Eventos - Espaço para Divulgação - Psicoterapia - Home empresarial

dirceumoreira137@terra.com.br dirceumoreira@ig.com.br contato@dirceumoreira.com.br
11-4426-3219 - 9453-3332

Replica online chloe purse men shop celine uk Hermes best replica outlet belt kelly Hermes shop hermes birkin outlet online Women shoulder bags outlet replica yves saint laurent best Outlet replica shop wallet handbags louis vuitton celine online wallet Cheap hermes replica sale evelyne belt yves saint laurent crossbody bags online Louis vuitton outlet replica official wallet handbags Men belt shop louis vuitton replica sale hermes outlet Celine official replica online handbags sunglasses Hermes outlet sale fake evelyne women louis vuitton femme waiting list for hermes birkin bag prada designer handbags