SITES QUE PUBLICAM NOSSOS ARTIGOS

www.ceitec.com.br - www.centraldetreinamento.com.br
www.acontecendoaqui.com.br - www.nota10.com.br - www.sinepe-rs.org.br
www.lafiance-eventos.com.br www.psicopedagogiaonline.com.br
www.riograndevirtual.com.br - www.crago.org.br - www.opet.com.br
www.vetorial.net - www.enfoquedh.com.br - www.profala.com


Homenagem a todos os Grandes Educadores e empreendedores como você.

ENVIE SUA FOTO PARA GALERIA DOS MESTRES

 

Anchieta o primeiro educador e empreendedor do Brasil

 

Henrique J.de Souza

 

Celso Antunes

 

Emilia Ferreiro

 

 

Jean Piaget

 

José Luiz de Faria Neto

 

Nelson Salles

 

 

Hamilton Werneck

 

 

Vygotsky

 

Gleen Doman

 

Thais

 

 

Falta sua foto

 

 

e muitos outros

DEZ MOTIVOS PORQUE NÃO FUI UM BOM PAI: Autoria: prof. Dirceu Moreira

 

Meus filhos eu espero que um dia vocês possam ter compreendido meus erros e me perdoarem, porque meus erros duplamente me fizeram e me fazem sofrer. Primeiro porque como pai , o amor que tenho por vocês acusa meus erros no acalanto da noite para que possa estar melhorando, mas às vezes não sei se estou. Segundo porque a missão de ser o pai de vocês me confere a responsabilidade pelos meus próprios atos e ainda, tenho o dever de facilitar a vossa jornada, a fim de que a cada dia que passar, vocês possam ser cada vez melhores do que já foram, do contrario não haverá evolução. Como pai terei que prestar contas da minha parte nesta missão com vocês. Por isso, a cada filho eu peço:

1. Perdoe-me por ter cobrado tanto de vocês quando crianças que tivessem limite e disciplina, aprendendo desde pequeno que o mundo e o universo também possui seus limites e isto se chama ordem, frutos de leis universais, das quais os homens se inspiraram para fazer suas leis. Como pai, eu as trouxe para dentro de casa e devo ter errado na forma de traduzi-la, porque a criança não é obrigada saber que existem estes limites. Mesmo fazendo por amor, ainda assim errei.
2. Perdoe-me quando insistentemente fiz mais do que sermões para vocês. Eu dei palestras desde quando vocês eram pequeninos, falando sobre a honra e o respeito pelos pais, seguindo o caminho dos 10 mandamentos. Vocês reclamavam do cansaço e eu persistia. Eu errei quando gritei com vocês e os ameacei, sem cumprir as ameaças criando um clima de insegurança.
3. Perdoe-me por cobrar insistentemente que cumprissem as obrigações escolares, dizendo-lhes que em primeiro lugar devemos cumprir nosso dever, para depois fazermos jus ao direito, quando isso era difícil de ser compreendido pelos seus desejos de brincar e se divertir. Errei quando não tive paciência com seus erros e desleixos. O amor perdoa com sabedoria, mas faltou me este momento de reflexão.
4. Perdoe-me por não ter conseguido dar muitas coisas a vocês quando eram crianças e jovens, mesmo que fizessem jus a isso. Preferi investir nos seus estudos. Acho que muitas vezes nem era necessário e na verdade estava preocupado com as incertezas do amanhã, e acabei transmitindo a vocês o contrário daquilo que Deus nos oferece, que é um universo infinito de possibilidades e riquezas. Pensava em ter uma reserva, mas reserva demais causa escassez.
5. Perdoe-me pelos momentos que fui critico e duro com vocês pensando que estava fazendo o melhor e não me apercebi de minha própria rigidez. Cada bronca que dava ecoava dentro de mim e, muitas vezes não me sentia bem, provavelmente estava dizendo me que havia algo de errado. Precisava ter sido mais tolerante, espero que ainda consiga e lutarei até o ultimo dia da minha vida para isto vá melhorando.
6. Perdoe-me por estar sempre perguntando com quem vocês andam, o que vocês lêem, ouvem e tantas outras coisas preocupantes para os pais nos dias de hoje. Na grande maioria das vezes repetia a vocês, que gostaria de conhecer seus amigos para saber com quem vocês conviviam, queria conhecer a família e insistia para que trouxesse seus amigos em casa, para que eles também nos conhecessem. Talvez não tenha me feito entender de que isso se chama cuidado ou prevenção, e tenha se tornado chato demonstrando falta de confiança em vocês.
7. Perdoe-me por tantas vezes que lhes cobrei para que entendessem e valorizassem cada centavo, cada coisa que recebem de outro, por mais simples que fosse dizendo-lhes constantemente: se vocês não sabem valorizar o que de graça recebem, não saberão o valor da grandeza do doador, e tenderão a menosprezar o que de graças vos foram dado.
8. Perdoe-me quando junto com a mãe de vocês termos dito: um dia você irão se casar terão filhos e eles irão fazer o mesmo com vocês, ai saberão dar valor aos seus pais. Essa cobrança é uma herança evolucional e faz parte da vida, mas tenho certeza que soou aos vossos ouvidos como se fosse uma praga e provavelmente tenha lhes causado algum sentimento de culpa. Talvez uma forma errada de dizer que uma geração aprende com a outra.
9. Perdoe-me por tantas discussões, momentos em que movido pela emoção deixei de lado meus 50, 60 ou mais anos de idade e regredi à idade de vocês e me comportei como tal, esquecendo-me que o era pai. A diferença era que meu porte físico perto do vosso, principalmente quando criança poderia ser comparada ao gigante Golias x Davi. Este diferencial de tamanho lhes assustavam e os tornavam desprotegidos, neste momento, minha figura de pai se diluía na imagem de uma pessoa má. Era eu que tinha que lhe compreender e não vocês a mim.
10. Perdoe-me por insistir tanto que tivessem e tenham o cumprimento de responsabilidades, de horários, querendo impor-lhes que tivessem uma maturidade que ainda não havia chegado, mas que com certeza tem o seu momento. Eu também fui negligente quando criança e jovem, e também errei muito. Com certeza, meu amor foi, e é tão grande por vocês, que eu mesmo não percebi que os estava sufocando. Acredito no dom infinito de Deus em cada um de vocês e que estes erros todos, possam ter sido um ensaio para o sucesso de vocês, mas meu coração ainda assim continuará purgando para que eu mesmo possa me redimir e receber e merecer o vosso perdão. O perdão começa primeiro no coração, passa pela razão e ecoa através de palavras e ações.

Não há nada superior ao amor, mas somente quando a sabedoria estiver ao seu lado. Só assim eu poderei colocar em atividade estas duas poderosas energias e demonstrar-lhes o meu amor por vocês. Por hora este amor se confunde nas vagas das minhas emoções, porém nos momentos de plena lucidez, eu sinto esse amor verdadeiro pulsar dentro de mim. Por vezes choro às escondidas, com vergonha e agradeço por tudo que vocês me ensinaram nesta vida, a cada confrontação que tiveram coragem de fazerem-me diretamente ou levando-as até vossa mãe. Só o amor dos filhos, pode compreender a fraqueza de seus pais e, só a grandeza dos pais pode lhes permitir aprender com os filhos. Gabriel seu nascimento me fez renascer e eu respirei junto contigo num momento de gloria. Rafael tua luta pela vida nos primeiros dias deu me a força de um gigante para continuar. Giovanna você trouxe a leveza e a experiência do feminino em mim, uma experiência importantíssima na minha vida.
Meus filhos, vocês foram grandes mestres, quando compreenderam minhas fraquezas, e quero dizer-lhes: cada vez que vocês agiram assim comigo, eu mergulhei profundo no meu próprio íntimo não resolvido e sempre voltei de lá agradecido. Talvez tivesse que ter chorado mais na frente de vocês, compartilhado mais, perdoado mais, tomado mais banho de chuva junto, se sujado mais na lama, comido mais pipoca na praça, viajado mais, reclamado menos, ter sido mais tolerante, ter dado mais colo... De uma coisa nunca vou me arrepender: tê-los tido como meus filhos, a qual Deus confiou esta missão.E só foi possível porque sempre estive ao lado de uma mulher maravilhosa, esposa, mãe, irmã e companheira que em cada momento esteve e estará ao meu lado. Pais e filhos é uma jornada para sempre, independente de onde estarão.

S.André, 3/12/08

 

 

Home Início - ALFACE-Proj. Inclusão - Artigos - Curriculum - Foto log dos Congressos - info-Espaço Escola - Links - Livros - Palestras/Cursos Resp. Social e inclusão - Eventos - Espaço para Divulgação - Psicoterapia - Home empresarial

dirceumoreira137@terra.com.br contato@dirceumoreira.com.br
11-4426-3219 - 9453-3332 - 7654-6631

A RESPOSTA: OS DEZ MOTIVOS PORQUE NÃO FUI UM BOM PAI - Autoria de Gabriel Henrique Mondoni Moreira

Mâyâ-moha, o confronto dos dezesseis invernos.
(maya-moha= confusão ou engano causado pela ilusão dos sentidos)


Pai. Espero que me compreenda já que não me sinto capaz de entender do que se passa em minha sã consciência. Pois hoje me sinto atordoado, já não me lembrava o que era chorar. O meu choro foi de desespero, tenho medo de meu futuro. Já não sei o motivo de tais palavras atacarem minha própria família. Não quis acreditar, quando me vi não tendo razão nenhuma e me subindo uma raiva que ainda desconheço. Mâyâ-moha chegou para me confrontar. Eu sabia que quando eu recebia comprimentos e felicitações sobre a vinda de meus dezesseis anos, parecia-me sair outra mensagem destas pessoas. "Prepare te para o que esta por vir, algo esta pronto para lhe confrontar com seus obstáculos pendentes". Não me faz nem a metade desta idade, e já me vi chorar, rir, amar, enraivecer mais que toda minha vida. Sou um tolo em acreditar que a razão sempre esteve ao meu lado para confrontar tudo, minha iniciação é severa, logo eu devo ser meu maior perseguidor destes conceitos antievolutivos. Por isso, meu pai:

1. Perdoe-me se lhe jogo culpa, por um passado sem lembranças. Não tenho competência para lhe dizer o que me faz ser tão descontrolado, pelo meu orgulho sem méritos. Já não o culpo se um dia você errou na minha infância, tenho certeza que não existiria outra pessoa a exercer o papel de meu pai se não fosse você, alias, acreditaria mesmo que nenhum deles teriam feito algo de ameaçador pela criança mais birrenta que o mundo já viu?
2. Perdoe-me por tanto reclamar de seus "sermões", graças há essa horas que eu sempre achei perdidas, hoje eu faço o mesmo a todos que agem da mesma forma como eu havia feito. Não tenho moral para lhe negar, o ato de falar por tanto tempo. Eu já o faço.
3. Perdoe-me de ter feito acreditar de que cobrar meus deveres de sua forma me tornou alguém desleixado. Sempre tive consciência de que o que você tanto cobrava era para me ver com um bom futuro.
4. Perdoe-me se fiz com que perdesse seu tempo a refletir por algo tão estúpido quanto aos meus momentos de mimos, nunca me faltou nada necessário nesta casa.
5. Perdoe-me se o faz pensar que lhe copio esta atitude. Sou critico com tudo, pois assim eu o faço comigo mesmo. E me torno destrutivo. Este item tenho medo de trabalhá-lo, não o sabe o quanto fiz pessoas ficarem abaladas por minha causa.
6. Perdoe-me por reclamar, ainda não sei lhe respeitar como pai quando apenas quer saber se estou seguro. Se ainda não fui lesado mundo afora foi porque eu tenho verdadeiros "pais chatos".
7. Perdoe-me o quanto desvalorizo as coisas que me são concebidas, me desculpe pela minha ingratidão. Não sei o que me faz de mim tão desmerecedor das coisas, a vergonha é tanta em meus atos o que ofende até mesmo na obra em que eu fui acolhido. A ofensa só poderia ser verdadeira, se esta verdade não estive dentro de mim.
8. Perdoe-me ao que penso, tenho muitos medos. O maior deles é não ser tão bom quanto ao seu pai, e nem ter sido tão bom quanto ao meu pai. Eu sei o quanto é difícil de ter me como filho. Espero um dia ser como você.
9. Perdoe-me por nem ao menos colocar me em alguma faixa etária, meus motivos de brigas são tão baixas e, pelo que me é ensinado, é a maior das vergonhas. O que me acontece hoje, quando criança eu fazia o mesmo.
10. Perdoe-me por persistir na involução, pois, muitos de menor idade que eu, têm mais responsabilidade. Negligencia é eu achar que um treinamento escasso me fará um dia um vencedor. Entro em conflito todo dia quando penso: "Até quando permanecerei inerte aqui, enquanto o mundo anda?". Espero que vocês entendam o que passa por mim. Pois já não sei o que sou.

No meu ponto de vista, não o vejo de forma alguma como um mau pai, mas se assim se denomina, pois lhe digo: Não se pode perdoar um mau pai, quando se é um péssimo filho. Tenho angustia em saber por quem sou criado e não demonstro nem ao menos o orgulho ou honra. Por esta família, eu faço de tudo, mas não me sinto merecedor de receber o amor de meus irmãos e meus pais, quando em inúmeras vezes eu apenas os violentos com palavras destruidoras. Espero que entendam que a única coisa em que tenho certeza de dizer é que acredito em minha mudança, sou fraco, mas ainda sim eu luto. Brigo todo dia comigo mesmo, e se ainda me restarem forças, reconquistarei o amor de todos que me foi dado. Sei que não agradeço muita coisa, até mesmo por pertencer ao que pertenço. Mas agradeço por fazer parte desta família. Quando a vida me derruba mundo afora, eu me lembro da preocupação e da dedicação de minha mãe para que eu seja alguém (alguém que me acolhe e me faz sentir melhor, não me faço merecedor deste conforto), me lembro da imagem de meu irmão seguindo aos mesmos passos (alguém que eu tenho certeza que nunca ira me abandonar, um verdadeiro irmão que não me faço merecedor). Lembro de ver minha irmã me levantar e me proteger quando estou caído, alguém que de tanta pureza me faz sentir envergonhado por ainda me perdoar pelas minhas idiotices, preciso fazer mais para ser merecedor deste afeto. Lembro me ainda da sensação do que é o amor de pai, e vejo que isso falta a tantas pessoas. Alguém que sabe ser pai, pois ama e não tem vergonha em dizer isso aos filhos, então me pergunto o que tenho que fazer continuar merecedor deste amor? Ainda é tempo. Tentarei por toda minha vida fazer valer o meu sangue que pertence a esta família. O amor de vocês ainda me faz reagir a tantas pancadas que recebo e que eu mesmo as faço. Espero aprender a viver ao lado de vocês. Perdoem-me pelas ofensas, porque foram ditas por alguém que é ciente embora um pouco desgovernado. Eu estou aprendendo a crescer.

Replica online authentic celine handbags mini luggage fake yves saint laurent crossbody wallet Real outlet replica prada women men hermes replica vogue patterns hermes birkin bag Men handbags fake hermes outlet sale prada bag reasonable fake yves saint laurent crossbody wallet Outlet online chloe official purse handbags Bags belt authentic replica outlet prada Authentic wallet bags louis vuitton replica online prada saffiano lux tote mini prada outlet Women belt yves saint laurent outlet store authentic 2015 outlet store yves saint laurent women bags celine boston bags Hermes the best kelly women replica outlet hermes replica celine cheap sale yves saint laurent Clutch online Outlet replica bags belt shop hermes